BLOG

As 5 Principais Características Dos Retentores

AS 5 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DOS RETENTORES –

1. Você sabe o que são retentores?

Os retentores nada mais são que peças utilizadas para a vedação de um eixo rotativo, normalmente são formados por um anel metálico para trazer rigidez ao perfil, e uma vedação interna em borracha acoplada à uma mola helicoidal.

Pra que servem?

Os retentores têm como principal função reter fluídos dentro de uma máquina, ou seja, eles retém produtos que devem ser contidos no interior de um sistema, bem como barrar a entrada de impurezas do meio externo.
É possível encontrar retentores nos mais diversos segmentos, desde o automobilístico até no ramo de eletrodomésticos ou de máquinas industriais. Podemos até dizer que, na prática, quase tudo que se movimenta mecanicamente, possui retentores.
Cada modelo segue um padrão para suprir as necessidades da máquina, e as ações para as quais ela foi projetada.

2. O que pode ser vedado com retentores?

De um modo geral, os retentores vedam fluídos, onde os mais comuns são os óleos e as graxas, mas em determinados sistemas, é possível que eles vedem até mesmo produtos em estado gasoso.

3. Fatores a serem analisados na hora de escolher o modelo de retentor:

Há diferentes modelos de retentores, bem como distintos materiais para a fabricação das peças, e a sua escolha para cada caso deve ser baseada em um grupo de fatores, os quais são:

* Quais sistemas ou mecanismos a serem vedados;

* Qual a velocidade periférica no diâmetro da peça;

* Qual a temperatura que o sistema e/ou o fluido retido irá atingir;

* Qual a pressão que a peça terá que suportar, positiva ou negativa (vácuo);

Com isto em mente, pondere cada fator, e faça a melhor escolha para o seu caso específico.

4. Importância de ter uma peça de qualidade:

Prezar pela qualidade é indispensável na hora de escolher esta vedação, pois um retentor com características superiores, traz consigo inúmeras vantagens:

* Garante o funcionamento seguro das máquinas;

* Assegura um melhor desempenho do sistema;

* Possui um custo-benefício vantajoso, pois um retentor de boa qualidade tem uma vida útil estendida, você irá gastar menos com peças de reposição ou manutenção dos dispositivos danificados por conta de elementos de vedação inferiores;

* Mantém a integridade física dos operadores, principalmente nas indústrias, pois uma peça de qualidade costuma trazer menos problemas no dia-a-dia, diminuindo os riscos de possíveis acidentes.

5. Cuidados para armazenamento e manipulação do retentor:

Desde o processo de fabricação, armazenamento até a instalação propriamente dita, é necessário tomar alguns cuidados para manter a integridade da peça, sem que haja nenhuma irregularidade na vedação futura.
Mas em relação ao armazenamento, o retentor deve ser mantido dentro da embalagem original, e deve ser estocado em ambiente limpo, com temperaturas entre 10 ᵒC e 40 ᵒC, e livre de possíveis contaminações.
Já quando o assunto é o manuseio, deve-se tomar o máximo de cuidado possível para não haja avarias, portanto cuide para não tocar desnecessariamente no lábio de vedação, pois isto pode causar deformações à peça, e consequentemente ao seu funcionamento.

Temos a solução ideal para a vedação industrial da sua empresa. Entre em contato com um dos nossos especialistas. 

A CGL – Casa das Gaxetas é especialista em vedações industriais, está no mercado desde 1976 e possui certificação ISO 9001. Entregamos para todo país, faça seu orçamento aqui.