QUIMFLEX PL100 Placa

Descrição / Aplicações

 

Quimflex® PL 100 é uma placa de elevada compressibilidade, fabricada com PTFE, através de um processo único de laminação, com um alto nível de fibrilação, o que proporciona reduzida perda de aperto e escoamento, deficiências inerentes às placas usinadas (Skived) existentes no mercado. Devido às propriedades químicas do PTFE, Quimflex® PL 100 é indicado para a vedação de uma grande variedade de fluidos quimicamente agressivos, sendo também utilizado em contato com alimentos e produtos farmacêuticos. Apresenta excelente estabilidade dimensional, retenção de torque e a melhor relação custo benefício entre materiais similares. Através do processo de fabricação do Quimflex® PL 100 se obtém uma placa rígida e com baixa densidade, que facilita a confecção de juntas leves e estruturadas, permitindo sua instalação até em locais de difícil acesso e com pouco espaço para a abertura dos flanges. Sua alta compressibilidade possibilita, também, que as juntas fabricadas com Quimflex® PL 100 possam ser utilizadas em flanges ou superfícies irregulares. Suas propriedades anti-aderentes facilitam a retirada das juntas após o uso, inclusive, sem que restem resíduos de material nos flanges.

 

Teste de Relaxamento – QUIMFLEX® PL 100 x PTFE Usinado

 

Flange de Classe 300# – 2″RF e aperto 68 MPa, em espessura de 2,0 mm
Duração do Teste: 20 horas

 

 

 

 

Teste de Aperto a Quente

 

Temperatura de 260 ºC e aperto de 10 MPa, em espessura de 2,0 mm Duração do Teste: 1 minuto

 

 

 

 

 

Os testes ASTM são baseados em placas de espessura 0,80mm e o DIN em placas de espessura 2,00mm.

 

 

Os fatores de aperto “m” e de esmagamento mínimo “y” de um material de vedação são os fatores a serem considerados quando do cálculo de torque de uma junta de vedação. São parâmetros determinados experimentalmente por análise de resultados laboratoriais relativos às características inerentes a cada material específico e segundo os critérios obedecidos pelo fabricante.O apêndice 2 do Capítulo VIII Divisão 1 do Código ASME estabelece parâmetros para o projeto de juntas, com valores genéricos das características “m” (fator de aperto, que é sempre uma constante adimensional) e “y” (valor de esmagamento mínimo) da junta.