Gaxetas Para Isolamento Térmico

 

Gaxetas Para Isolamento Térmico - Casa das Gaxetas - Porto Alegre / RS

Desenvolvidas para isolar, termicamente, equipamentos em indústrias de alumínio, siderúrgicas, metalúrgicas, de vidro, petroquímica, têxteis, açúcar e álcool, entre outras. As gaxetas para isolamento térmico possuem distintas concepções construtivas e de mescla de matéria prima para atender à peculiaridade de aplicação e operação de cada um destes equipamentos nestes segmentos. Sutis diferenças construtivas as tornam ideais para cada situação específica.

 

Fibra Poliamida Aromática

Também conhecida como aramida, esta fibra possui alta performance mecânica que, quando comparada com outros materiais, mostra uma resistência específica (resistência/densidade) muito grande, acima de qualquer outro tipo de fibra disponível no mercado, sendo cinco vezes mais resistente que o aço. A resistência ao impacto é também um dos pontos altos das fibras para-aramidas, especialmente sua característica de resistência a choques cíclicos. São aplicadas em proteção balísticas, blindagem (capacetes, veículos, etc), vestuário de proteção, cordoaria, plásticos reforçados, aeronáutica, construção naval, artigos de desporto, vedação, filtração, isolantes elétricos, etc.

 

Suas principais características são:

  • Excelente resistência mecânica;
  • Boa resistência química;
  • Baixa densidade e
  • Resistência térmica.

 

Fibra Cerâmica

A fibra cerâmica é um produto composto basicamente de sílica e alumina com elevado grau de pureza, com vasta aplicação no mercado de isolamento térmico industrial de alta temperatura. A fibra cerâmica é classificada pelo seu limite de operação, basicamente 930°C, 1260°C, 1427°C e 1600°C, todos possuindo ponto de fusão acima de 1750°C, sendo indicados para revestimento interno ou externo de equipamentos que operem nessas faixas de temperatura.

 

Suas principais características são:

  • Baixa condutibilidade térmica;
  • Material leve e de fácil aplicação e
  • Possui excelente resistência a choque térmico e ataques químicos, excetuando- se os ácidos fluorídrico, fosfórico e os álcalis concentrados.

 

Fibra de Vidro.

As fibras de vidro são produzidas a partir do vidro em forma líquida, que é resfriado a alta velocidade. Através do controle de temperatura e velocidade de escoamento do vidro, são produzidos vários tipos de filamento com diâmetros variados. As fibras de vidro são produzidas em uma variedade de composições químicas, cada uma delas exibindo diferentes propriedades mecânicas e químicas. Sua aplicação é feita em isolamentos térmicos, filtração, reforço plástico e etc.

 

Suas principais características são:

  • Possui boa resistência à corrosão e intempéries;
  • Baixa expansão/contração sob mudanças térmicas e
  • Grande estabilidade química, excetuando-se os ácidos fluorídrico, fosfórico e os álcalis concentrados.